Esta Reserva, criada pelo Decreto 34/2003, de 19 de Agosto, localiza-se no Distrito de Sussundenga, Província de Manica, compreendendo uma área de 2.861km2. onde se encontra o ponto mais alto do País, o Monte Binga, com uma altura de aproximadamente 2454m, junto ao Zimbabwé. Possui uma fauna, representada por espécies como búfalo, cabrito azul,  cabrito cinzento,  cabrito das pedras, pala-pala, chango, aves e répteis, incluindo as espécies endémicas.

Os pontos para Actividade Turistica são os seguintes: Pinturas rupestres Alpinismo Turismo cultural Monte binga Grutas (Cavernas) Cascatas Endemismo. O acesso pode ser feito a partir da cidade de Chimoio,por via terrestre a partir dos aeroportos das cidades de Tete, Chimoio e Beira.E aconselhavel viajar em viaturaras 4x4 devido ao estado precário das estradas. Pode fazer-se visitas durante todo  o ano, sendo que durante os meses de Inverno, em Junho- Agosto, a temperatura pode cair abaixo de zero. Para o alojamento, pode recorrer-se aos  acampamentos básicos disponíveis em Chikukwa e Mahate.

Esta Área de conservação  tem um ecossistema intacto e rico em biodiversidade especialmente nas zonas montanhosas, paisagens esteticamente salientes, artefactos arqueológicos (pinturas rupestres), crenças e estruturas tradicionais intactas. Possui uma grande diversidade de espécies de plantas e espécies endémicas de aves, repteis e borboletas. Pode ser visitada diariamente entre as 7h30 e 16h30 e tem a particularidade de proteger uma série de ecossistemas de grande valor, incluindo pradaria e vegetação de alta montanha. Possui condições favoráveis para prática de diversas actividades como: alpinismo, safaris, canoagem, equitação e turismo cultural e faz parte da área de conservação transfronteiriça de Chimanimani.

 

Newsletter

Assine a newsletter do Visitmozambique e receba as principais notícias sobre Turismo por e-mail.