Situa-se a Leste do Parque Nacional do Kruger (KNP) e partilha aproximadamente 200km de linha da fronteira entre os dois parques. Desta, 50km de linha de vedação, foi removida por parte do Governo da República da África Sul, de forma a permitir a movimentação livre de animais bravios para ambas as partes, no âmbito da implementação do Projecto de Desenvolvimento do Parque Transfronteiriço do Grande Limpopo (PDPTGL). Estes dois parques em conjunto com o Parque Nacional de Gonarezhou (GNP) do Zimbabwe, formam o Parque Transfronteiriço do Grande Limpopo (PTGL). Neste sentido foi assinado em Dezembro de 2002 um trato formal entre os governos de Moçambique, Africa de Sul e Zimbabwe no sentido de torna possível a ligação e livre circulação das espécies nas áreas destes países. Ocupa uma área de 10.000km2

O perímetro Oeste do Parque é formado pela fronteira com a África do Sul e estende-se numa direcção Norte-Sul por uma distância de perto de 200 km. A fronteira do Zimbabwe é tocada na ponta mais setentrional da área e daí corre numa direcção nordeste. O Rio Limpopo forma o limite este, enquanto que o Rio dos Elefantes forma o limite sul. O curso do Rio Limpopo é de fundamental importância na determinação da posição física do limite noroeste e um número de factores relacionados têm de ser considerados. A zona de suporte ou zona tampão do Parque estende-se para oeste a partir do Rio Limpopo e para Norte a partir do Rio dos Elefantes, na área de confluência deste com o Limpopo e a Barragem de Massingir.

O Parque foi criado com objectivo de responder às seguintes questões:

- Criação condições para uma gestão económica, social e ecologicamente durável do parque, com objectivo de contribuir para a preservação da biodiversidade e dos ecossistemas a nível regional, em concordância com as populações locais;
- Contribuir na integração regional e no reforço da cooperação entre a África do Sul, o Zimbabwe e Moçambique.

Neste parque,  os termómetros chegam atingir uma temperatura diária que aumenta de Sul para Norte, 40oC durante os meses de Novembro a Fevereiro. Embora a média da temperatura mínima seja acima do ponto de congelação, regista-se periodicamente, geadas nas áreas situadas mais baixo, ao longo dos rios na área de Shingwedzi. Apresenta formações florestais atractivas, fauna bravia com várias espécies de animais: Elefante, girafa, Zebra Cudo, Cão Selvagem, Hiena, Javalis, Aves, Antílopes, Porco do mato, Pala-pala, Boi-Cavalo, Toupeira, Cabrito das pedras, Répteis. Os pontos para a Actividade Turistica são: Trilhos apeados, Barragem de Massingir, Rio Limpopo, Rio dos Elefantes.

 

Newsletter

Assine a newsletter do Visitmozambique e receba as principais notícias sobre Turismo por e-mail.